Harry Potter

IMG_1422IMG_1403 IMG_1380 IMG_1408 IMG_1410 IMG_1414 IMG_1416 IMG_1398 IMG_1397 IMG_1373 IMG_1369 copy IMG_1370 IMG_1377

Depois que cheguei de viagem eu tive que assistir toda a saga do Harry Potter para matar a saudade daquele lugar maravilho. Quem já foi sabe que é um sonho poder viver e ver tudo que passamos nossa vida acompanhando nas telas do cinema. Cada detalhe é de tirar o fôlego.

Prometi escrever esse poste separado da Universal pois quero contar cada detalhe. Primeiro, fui no parque dois dias diferentes para poder aproveitar tudo novamente. A minha parte preferida foi o simulador que é sensacional, você se sente um bruxo de verdade voando em sua vassoura. É como uma viagem por Hogwarts, passando pelo campo de quadribol e muitas aventuras.

Muita gente perguntou no meu Instagram qual o gosta da cerveja amanteigada, então o gosto é de caramelo e  muito gelada. Queria ter comprado varias vezes mas como já estava sem poder gastar muito dinheiro, bebi a do meu amigo hahaha.

“A varinha escolhe seu bruxo” sim, essa foi a parte mais emocionante (mesmo o garoto escolhido sendo um tapado) a sensação é a mesma do filme quando o Harry vai comprar sua varinha. O Pedro (meu amigo) estava doido para ser escolhido, mas escolheram um guri que era meio lerdo e não sabia inglês, então ele não entendia o que fazer. Mesmo assim foi a parte mais linda de todas.

Então, todos ficaram loucos para viajar e conhecer o parque do Harry Potter? Claro que sim né.

Universal

IMG_0975 IMG_0973 IMG_0968 IMG_0977 560592_4766107718922_351004409_n 426188_4766109238960_2043399001_n 299311_4766109518967_2076172200_n IMG_0903 IMG_0893 IMG_0912 IMG_0914 IMG_0986IMG_1005IMG_1007 IMG_1018 IMG_1297 IMG_1294 IMG_1059 IMG_1028 IMG_1020 IMG_1019 IMG_1427 IMG_1333  IMG_1315IMG_1312 IMG_1298

Com a demorar para postar por problemas com internet e mudanças em casa, eu levei muito tempo para vir falar sobre esses dias na Universal.

A Universal tem dedicação total em te deixar enjoada com brinquedos e simuladores. Fomos 3 dias seguidos e aproveitamos todos os brinquedos, na verdade os meninos repetiram todos que já tinham ido no primeiro dia, eu achei o suficiente ir uma vez em cada um (guardei meu estômago para outros brinquedos).

Vamos falar sobre os “piores” brinquedos que são os dos Simpsons e Minions, é… Meus desenhos preferidos têm os piores simuladores que eu poderia ir. Eu não tenho muita certeza se o dos Minios é de fato enjoativo mas eu fiquei muito enjoada por ter saído do simulador dos Simpsons e ir direto neles. De uma coisa tenho certeza, o dos Simpsons é o pior. O simulador do Harry Potter é um sonho, mas irei fazer o post exclusivo para ele.

Em relação as montanhas russas, eu amei a que escolhe a música para ouvir durante a jornada de enjôo, a do Hulk e do Harry Potter (dragões). Todas fomos no carrinho/cadeira da frente então foi muito mais emocionante do que o normal, pois a aventura é muito maior em ver de frente e não só sentir. Fomos no início da semana por isso estava vazio e aproveitamos todos os brinquedos sem esperar muito, no último dia já era quase perto do final de semana então estava mais cheio, mas ainda deu para aproveitar.

Então a dica que eu dou é que compre um remédio de enjôo e beba uns 5 logo de manhã antes de ir para os parques e esta tudo certo.

 

Chalé – Hotel Fazenda Confins

foto 3fotofotofotofoto 1foto 2foto 2

Chegamos ao último post sobre o Hotel Fazenda Confins, e vou falar sobre a parte que eu mais amei que foi o chalé. Desde que eu vi o site do hotel eu fiquei apaixonada pelos chalés que são totalmente fofos, todos decorados com muito amor e aconchego. 

Como eu já sabia que ia passar dias assim, levei minha vitrola para completar a felicidade de poder ouvir um bom vinil do The Beatles. Na verdade eu levei muita coisa, até chocolate quente e marshmallow. Tudo estava cooperando para momentos fofos e eu não poderia deixar passar a oportunidade de viver por completo dias tranquilos.

O Chalé é bem fofo e sofisticado, com cama e tudo que não pode faltar em um quarto, principalmente ar-condicionado. Não temos do que reclamar, todos os chalés tem muita privacidade e me deixou muito confortável em ficar lendo meu livro com o vento balançando minha rede na varanda.

Para encerrar, gostaria de agradecer mais uma vez ao Hotel Fazenda Confins, pois tivemos dias maravilhosos e inesquecíveis. Indicamos à todos de verdade.

http://www.hotelfazendaconfins.com

Summer Time – Hotel Fazenda Confins

IMG_0480IMG_0485IMG_0479IMG_0499IMG_0505IMG_0473IMG_0509IMG_0503IMG_0493IMG_0491

Assim que chegamos no Brasil passamos uma semana em Brasília e fomos para Minas Gerais. Antes de acabar o ano de 2013 já tínhamos fechado essa parceria e estávamos muito ansiosos para chegar esta data. Essa viagem foi para descansar a viagem do EUA. Eu amo hotel fazenda pois sempre frequentei com minha família, minha mãe gosta bastante e acabamos pegando o gosto.

O Hotel Fazendo Confins é o lugar mais lindo que já fui, com chalés fofos, um ótimo atendimento, pessoas super educadas e o principal de Minas Gerais… Ótima comida e principalmente o PÃO DE QUEIJO.

Tivemos um ótimo atendimento de todos, fomos guiados para nosso chalé, que por sinal é lindo e muito aconchegante. Depois pescamos e andamos a cavalo, mas isso já é outro post. Passamos o dia na piscina pois de dia estava muito quente, e é ao lado do restaurante. Em falar em restaurante, a alimentação é ótima. Café da manhã, almoço, lanche da tarde e jantar.

Passamos dias maravilhosos lá e se você quer descansar de verdade, corre pro Hotel Fazenda Confins que é o melhor lugar.

http://www.hotelfazendaconfins.com.br

Miami Beach

IMG_0284IMG_0305IMG_0293IMG_0351IMG_0299IMG_0317IMG_0330IMG_0366IMG_0288IMG_0316IMG_0364IMG_0400IMG_0399IMG_0354IMG_0335IMG_0321IMG_0287IMG_0286

Passamos os últimos dias da viagem em Miami, como bons jovens descolados ficamos um dia na rua sem ter onde dormir ou ficar, muito menos onde tomar banho, algo que irrita muito principalmente quando se esta na praia.

Mas começando pela parte que ainda tínhamos hotel. Quando chegamos em Miami descobrimos que nosso hotel ficava tipo “barra pesada” mas nada que nós não soubéssemos lidar. Assim que cheguei lá prendi minha mala na escada e cai no chão com meu copo da Disney que quebrou e eu fiquei muitooooooooo chateada. Decidi esquecer esse triste momento e fomos andamos de skate na beirada da praia pela noite com uma lua maravilhosa.

Passamos o dia inteiro no mar, com o cabelo duro e pele rosada, feliz da vida. Em Brasília não tem praia e eu cresci ao lado do mar em João Pessoa. Ter aquele momento eu e o mar foi maravilhoso, saudades de ter isso todos os dias da minha vida. Por mais que eu sinta falta amo morar em Brasilia.

Esse não será o último post sobre a viagem, mesmo sendo o ultimo dia, ainda tenho muitas fotos para postar aqui 🙂

When You Wish Upon a Star

IMG_0228IMG_0274IMG_0275 IMG_0272IMG_0168IMG_0211IMG_0219IMG_0222IMG_0224

Para começar, vamos às apresentações porque quem tá aqui para os deixar ainda mais ansiosos pela visita ao Walt Disney World não é a Hanna Banana. Na verdade sou eu, Pedro, o Guimarães, aquele que viajou com o casal para os Estados Unidos.

Quando a Hanna me pediu para falar da visita ao parque da Disney eu pensei em como tentar ao máximo não tomar muito o tempo de vocês escrevendo um livro ~porque, acreditem, eu poderia, se me deixassem, sério.

Fomos ao Magic Kingdom no nosso último dia de parques em Orlando, no dia 18 de dezembro, e esse dia ficou marcado *SIM* pelo noivado do Rafa e da Hanna, mas eu garanto a vocês que a Hanna chorou o dia inteiro sem nem saber que ia ficar noiva. Foram muitas paradas, muitos personagens para chorar todas as vezes que davam tchau na nossa direção.

Falando honestamente, aquele lugar ali é outro mundo, literalmente. Não há muita coisa pra fazer NO MAGIC KINGDOM, que é onde fica o castelo da Cinderella, Tomorrowland, Fantasyland e afins. Nós nem andamos todo o parque porque estávamos bem cansados dos outros dias nos outros parques **BITE ME**.

Durante a tarde, a Hanna ficou caçando o Woody, o Buzz e o Stitch, e eu caçei o Donald. Não tivemos muito sucesso porque eles só passavam por nós nas paradas, em cima de carros, acenando na nossa direção.

Um fato curioso pra vocês: lá ninguém tem frescura ou fica com vergonha, então, é possível ver pais de família acenando histericamente sem medo de ser feliz aos personagens. Eu fui muito feliz naquele lugar porque a maioria dos personagens parecia me notar na multidão de pessoas. Eu ainda não sei o que foi que me entregou… pode ter sido a cara de bocó ou o fato de eu saber cantar todas as músicas, mas também pode ter sido a Hanna chorando do meu lado. Não tenho certeza. Vi crianças em carrinhos de bebês com seus botons de “1st Visit”, adolescentes, young adults like ourselves, adultos e gente véia comemorando os seus muitos anos de casamento, ou seja, muita gente feliz por metro quadrado.

Quando a noite caiu, o show das luzes, que só acontece no Natal, me deixou com vontade de ter minha família por perto pra assistir tudo do lado e ficar tão abestado quanto eu fiquei. Nada do que eu fale aqui se compara com o castelo sendo iluminado por milhões de luzes de natal. E aquele nem era o gran finale! Logo depois que as luzes do castelo se acenderam e as pessoas esperavam pelo show de fogos que encerraria a noite, o Rafa fez o pedido de casamento. Foi um grande momento na vida de duas pessoas que eu sou muito fã e amo demais, por isso me senti mais especial ainda por ter feito parte.

Passada a surpresa do pedido, o dia precisava terminar com o momento mais emocionante // #f***: o show de projeções e fogos no castelo.

Sem dúvidas esse momento fica marcado na memória de cada pessoa naquele lugar. Há um adjetivo que eu evitei usar até esse final: MÁGICO. Não pretendo dar spoiler porque todo mundo merece experimentar aquilo e ser surpreendido como nós fomos, mas aquele lugar é mágico realmente.

“All our dreams can come true, if we have the courage to pursue them.”      Walt Disney

 

Flw vlw obg de nada!